Diadorim lança entrevistas de Juarez Fonseca e ensaios de Abrão Slavutzky e Edson Sousa

Atualizado: Out 15



A Livraria Bamboletras, de Porto Alegre, iniciou a pré-venda autografada exclusiva dos livros "Aquarela Brasileira", com entrevistas realizadas pelo jornalista Juarez Fonseca durante os anos 1970; e "Imaginar o Amanhã", com ensaios e crônicas dos psicanalistas Abrão Slavutzky e Edson Luiz André de Sousa.

As sessões de autógrafo acontecem, respectivamente, nos dias 5 de novembro, a partir das 19h, e 6 de novembro, partir das 16h, na Bamboletras (Rua Gen. Lima e Silva, 776, no Centro Comercial Nova Olaria, seguindo os protocolos sanitários necessários para a prevenção da Covid-19.



Juarez entrevistou grandes nomes da MPB

Em Aquarela brasileira, o célebre crítico e jornalista Juarez Fonseca apresenta 28 entrevistas com grandes nomes da Música Popular Brasileira, passando por Gilberto Gil, Elis Regina, Tom Jobim e Chico Buarque, Caetano Veloso, Belchior, Rita Lee, Nara Leão e muitos outros. Grande parte das entrevistas é dos anos 1970.

Com seu estilo franco e direto, Fonseca vai fundo em questões que transcendem a música e nos apresentam um retrato do Brasil que ainda patinava em uma ditadura militar que incluía censura, prisões, exílio e desaparecimentos.

O livro é o primeiro de uma série que inclui também entrevistas realizadas por Fonseca nos anos 1980, 1990 e 2000.



O que será o amanhã, perguntam Slavutzky e Sousa

"Ainda falta muito?" Todos nós já fizemos essa pergunta. Na infância, obrigados a suportar provações de toda espécie e, ao longo da vida, quando percorremos longos caminhos e estradas desconhecidas, e o cansaço e a impaciência nos abatem.

Nos quase dois anos da pandemia da Covid-19, essa pergunta, ou pelo menos o sentimento de angústia que ela contém, se fez presente em cada um de nós. Para grande parte dos brasileiros, a passagem dilacerante do tempo teve como agravante o estarrecimento diante da indiferença do presidente do país à tragédia vivida pela população, cuja expressão mais dolorida são os mais de 600 mil mortos pela Covid-19 contabilizados até agora. Governo ou desgoverno, questiona Abrão Slavutzky, um dos autores deste livro.

Privadas da rotina e relacionamentos cotidianos, as pessoas tiveram nas redes sociais sua principal companhia no mundo pandêmico, marcado pelo isolamento, pelo medo, pelo luto e pela esperança, imprescindível para nos mantermos lúcidos ou pelo menos humanos. Que nada mais é do que uma parte do eterno labirinto que enreda nossa existência, de acordo com Edson Luiz André de Sousa, o outro autor que se propôs a imaginar, aqui, o amanhã que será de todos nós.


Serviço

Aquarela Brasileira, de Juarez Fonseca

Diadorim Editora, 2021

304 p.

ISBN: 9786599546341

Preço: R$ 65,00

Pré-venda: https://bamboletras.com.br/aquarela-brasileira-pre-venda.html

Lançamento: 05/11, às 19h, na Bamboletras - R. Gal. Lima e Silva, 776


Imaginar o Amanhã, de Abrão Slavutzky e Edson Luiz André de Sousa

Diadorim Editora, 2021

216 p.

ISBN: 9786599546358

Preço: R$ 55,00

Pré-venda: https://bamboletras.com.br/imaginar-o-amanh-pre-venda.html

Lançamento: 06/11, às 16h, na Bamboletras - R. Gal. Lima e Silva, 776

40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo