A narrativa conta a história da formação das primeiras organizações criminosas no Presídio Central de Porto Alegre, a maior unidade prisional do Estado, a partir dos anos 1980, e a paulatina extensão do poder dessas facções para o tráfico de drogas. A série de reportagens que deu origem ao livro Falange Gaúcha recebeu o prêmio ARI de Jornalismo, a distinção máxima da imprensa gaúcha, em 2007.

O jornalista Carlos Wagner, que faz a apresentação desta reedição, ressalta que as informações contidas no livro não foram recolhidas em bibliotecas. “O Renato estava lá, nas cadeias, documentando os fatos para o público leitor. Cada linha que ele escreveu e publicou é, hoje, fonte importante para se entender o rumo que a segurança pública está tomando no Brasil”.

Wagner afirma ainda que o tempo é amigo do repórter. “Ele transforma nossas reportagens em documentos e faz amadurecer a consciência de que, quando escrevemos, estamos relatando fatos para a geração presente e para as futuras”.

Renato Dornelles é repórter e colunista de segurança do grupo RBS desde 1986. Em 31 anos de carreira, conquistou sete prêmios ARI e três prêmios de Direitos Humanos (MJDH/RS). Também foi roteirista do curta-metragem O Poder Entre as Grades (2014), da mesma diretora de Central.

Falange Gaúcha - Renato Dornelles

R$ 40,00Preço