No romance de Gerbase, Hugo, um jovem cineasta do interior do Rio Grande do Sul, há pouco premiado em importante festival na França, vem a Porto Alegre para apresentar o projeto de seu novo filme de longa-metragem num encontro internacional de produtores. O evento acontece num prédio que, cem anos atrás, foi o hotel mais luxuoso da cidade. Desde sua chegada, Hugo é envolvido por uma atmosfera surreal e conhece personagens tão solícitos quanto estranhos: uma recepcionista que parece ter saído de um filme de espionagem dos anos 1960, um produtor cinematográfico, que muda de aparência de acordo com o restaurante que frequenta, e sua bela e misteriosa secretária. Por três dias, Hugo tenta seguir a programação do encontro, mas uma série de eventos bizarros, acompanhados de sonhos perturbadores, levam-no a questionar o que pretende filmar no futuro e que destino dar à própria vida.

 

Segundo o jornalista Juremir Machado da Silva, o livro “tem a impressão digital do autor: cinema, romance, sexo e um excelente ouvido para diálogos. Ele consegue o que muitos nem chegam perto: fazer as conversas de seus personagens soarem justas, verdadeiras, precisas, verossímeis”.

 

Carlos Gerbase é cineasta, escritor e produtor de cinema na Prana Filmes. Tem uma trajetória de mais de 30 filmes como diretor e/ou roteirista, além de ter sido um dos fundadores da banda Replicantes, nos anos 1980. Como escritor, entre ensaios, didáticos e ficção em coletâneas, Gerbase já publicou dois títulos de contos, um de crônicas e dois romances: Professores (Record, 2006) e Todos morrem no fim (2012, Sulina). O Caderno dos Sonhos de Hugo Drummond é o seu terceiro livro do gênero.

O Caderno dos Sonhos de Hugo Drummond - Carlos Gerbase

R$ 49,00Preço